Justiça libera o pagamento de 980 milhões de reais em atrasados do INSS.

 

O dinheiro irá pra cerca de 73 mil beneficiários que entraram com ação contra o órgão e venceram.

 

São processos de até 60 vezes o salário mínimo, chamados de Requisições de Pequenos Valor, encerrados no mês de setembro.

 

Normalmente, o segurado procura a Justiça pra pedir a revisão do benefício ou até a concessão de pensão por morte ou incapacidade, por exemplo.

 

A consulta para o cidadão saber se foi contemplado pode ser feita no site do Tribunal Regional Federal da área onde foi aberta a ação.

 

O pagamento dos atrasados é feito via Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil.

 

Após a determinação da Justiça, o dinheiro costuma estar liberado pra saque em até uma semana.

 

Mas o prazo depende da capacidade de cada Tribunal de fazer a distribuição.