O governo federal pretende conceder 50 estatais à iniciativa privada no ano que vem.

As concessões são feitas por meio de contratos de tempo determinado firmados com o setor privado e geralmente são feitas por meio de leilão.

Entre as concessões previstas para 2021, estão 23 aeroportos; 17 portos; três ferrovias; e onze lotes de rodovias.

Recentemente, o governo já havia anunciado que pretende realizar também nove privatizações, que é quando a estatal é vendida ao setor privado.

Estão na lista de privatização grandes empresas, como Correios e Eletrobras.

De acordo com informações do Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, as privatizações e as renovações de contratos de concessão previstas para 2021 devem gerar ao menos 137 bilhões e 500 milhões de reais em investimentos nos próximos anos.