Brasil cai cinco posições no ranking de desenvolvimento humano e passa para o número 84 na lista de 189 países.

Antes, estava na posição 79.

O relatório sobre o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) foi divulgado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – Pnud - da ONU.

Os números se referem ao ano passado e não refletem os efeitos da pandemia de Covid-19.

Apesar de perder posições, o IDH – que mede o progresso em saúde, educação e renda – teve um leve avanço na comparação entre os anos de 2018 e 2019.

O índice brasileiro ficou em ZERO VÍRGULA 765. Antes, era ZERO VÍRGULA 762.

Quanto mais próximo de UM, maior é o desenvolvimento.

É o caso de países como a Noruega, no topo da lista, com ZERO VÍRGULA 957; seguida da Suíça, Irlanda e Hong Kong.

Entre os 12 países sul-americanos, o Brasil ocupa a sexta posição, atrás de Chile, Argentina, Uruguai, Peru e Colômbia.

No fim da lista, o último lugar é de Níger, com índice de ZERO VÍRGULA 394.