A maioria dos brasileiros está descrente com a situação econômica do país.

Uma pesquisa realizada pelo Datafolha revela que 69% das pessoas consideram que a situação não vai melhorar, ou seja, 7 em cada 10, praticamente.

Segundo o levantamento, que foi realizado por telefone entre os dias 8 a 10 de dezembro do ano passado com 2 mil e 16 brasileiros e tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos, 41% das pessoas acham a situação econômica do país vá piorar nos próximos meses e 28% acreditam que ela permanecerá como está, somando, portanto, os 69% que não acreditam em uma melhora da economia no curto prazo.

3 por cento dos entrevistados não souberam responder, mas, na avaliação dos demais 28%, a economia brasileira vai melhorar nos próximos meses.

O Datafolha havia feito levantamento semelhante no mês de agosto de 2020 e os resultados obtidos naquela ocasião foram bem parecidos.

41% achavam que a situação econômica do país iria piorar nos próximos meses, 29% acreditavam que ela ficaria como estava, indice igual aos 29% que apostavam, em agosto, em uma melhora.