Dívida bruta do Brasil cresceu 15 POR CENTO em 2020 na comparação com o ano anterior.

Os dados foram divulgados pelo Banco Central, na sexta-feira, e representam 89 PONTOS PERCENTUAIS no Produto Interno Bruto (PIB) do país.

O montante engloba contas federais, de estados e municípios e é acompanhado por agências de classificação de risco e investidores internacionais.

Segundo o secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, o aumento da dívida pública deixou pouco espaço para novas medidas de combate à pandemia de Covid-19.

O percentual de comprometimento do PIB – que é a soma das riquezas produzidas por bens e serviços – é muito maior no Brasil do que em outros países emergentes.

No Chile, por exemplo, a dívida é de cerca de 40 POR CENTO, o dobro da brasileira.

No México e na Colômbia o índice fica próximo de 60 POR CENTO.