A relação comercial entre Brasil e Argentina enfraqueceu nos últimos anos.

Estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, o Ipea, revelou que o fluxo comercial entre os dois países caiu pela metade no período entre 2010 e 2020.

De acordo com números divulgados, as trocas comerciais entre Brasil e Argentina, que somaram US$ 32 bilhões 940 milhões em 2010, caíram para US$ 16 bilhões, 380 uma década depois.

Para os autores da pesquisa, o levantamento aponta os desafios na agenda comercial entre os vizinhos sul-americanos.

No ano passado, a Argentina respondeu por apenas 4,5% do comércio exterior brasileiro.

Ao mesmo tempo, segundo o Ipea, desde 2000, o peso relativo da China e da Ásia no comércio com o Brasil vem crescendo – movimento que, segundo especialistas, também contribui para o enfraquecimento das relações comerciais entre Brasil e Argentina.