Facebook anunciou que vai encerrar recurso de reconhecimento facial que identifica usuários em fotos e vídeos.

 

A rede informou que os reguladores ainda não definiram regras claras para uso da ferramenta e, por isso, considera apropriado restringir o uso.

 

De acordo com a empresa, mais de um terço dos usuários ativos fizeram opção pelo reconhecimento facial – ao todo – serão excluídas mais de UM BILHÃO dessas configurações.

 

Segundo um porta-voz do Facebook, a desativação do recurso será gradativa e deve ser concluída em dezembro.

 

Também será excluída a ferramenta que cria descrições de imagens para pessoas com deficiência visual nas fotos, mas o recurso continuará em operação para outras funções.

 

O que levou a rede social a excluir o reconhecimento facial foram acusações de que a tecnologia poderia identificar falsamente pessoas como criminosas ou ainda, favorecer identificação de pessoas brancas.