Saques em caderneta de poupança foram maiores do que os depósitos no mês de outubro, segundo dados do Banco Central. 

O resultado ficou negativo em SETE BILHÕES 430 MILHÕES. 

Em setembro, a saída foi um pouco maior – SETE VÍRGULA SETE BILHÕES, enquanto em agosto, primeiro mês de resultado negativo, foram CINCO BILHÕES 400.  

A poupança vinha numa trajetória positiva desde abril, quando começaram os pagamentos da nova rodada do Auxílio emergencial. 

Na balança de outubro, de um lado, os depósitos somaram 278 BILHÕES, enquanto os saques totalizaram 285 BILHÕES E MEIO.