Servidores públicos federais aposentados e pensionistas têm até 31 de dezembro para fazer a prova de vida e evitar a perda do benefício. 

Devem regularizar a situação aqueles que não fizeram a atualização entre janeiro de 2020 e setembro de 2021. 

A regra inclui também os anistiados políticos civis do Executivo Federal. 

A comprovação de vida é prevista em lei e deve ser feita sempre no mês de aniversário do segurado. 

Para a regularização, é necessário comparecer presencialmente em uma agência do banco pagador com documento de identificação com foto. 

Alguns bancos oferecem a opção pelo caixa eletrônico ou pelo aplicativo móvel. 

A consulta para saber quem deve fazer a prova de vida pode ser feita pelo app SouGov PONTO BR, se tiver biometria cadastrada no sistema do TSE ou no Denatran.